Debatendo o tema do encontro…

Formação e Atuação do Cientista Social como Instrumentos de Transformação… Para quê mesmo??

Todos os dias (ou quase todos) frequentamos as nossas universidades e aprendemos nas salas de aula algumas coisas sobre um tal Karl Marx ou um tal de Weber e ainda outro chamado Durkheim quando nos dizem sobre os “clássicos da sociologia”. Ou então, quem sabe, ouvimos coisas sobre povos diferentes nas aulas  de antropologia e sobre as formas de governo nas aulas de Ciências Políticas. Aprendemos que nosso objeto de estudo é a sociedade em que vivemos bem como os homens e mulheres que fazem parte dessa sociedade.

Vez em quando, produzimos. Artigos, Painéis, Seminários e tentamos sistematizadamente expor aquilo que absorvemos todos os dias em nossas universidades, objetivando o nosso “objeto de estudo” claramente, seja para um debate ou para “constar no lattes”.

A ciência não é neutra, já nos advertiram algumas vezes. Mas, na medida em que meu “objeto de estudo” é a própria sociedade, como entender essa “não neutralidade”?

Os problemas sociais, as diferenças étnicas, o machismo que mata a cada dia, o abismo que separa Eike Batista do motorista do busão, o salário do professor, do sociólogo e as diferentes formas de so-bre-vi-ver a tudo isso, colocados à nossa frente como “objeto de estudo” nos traz também o desafio consequente e a pergunta que não cala: “E agora Maria? E agora José?!”

Podemos abstrair, é verdade. Pegar nossos diplomas no final do curso e cumprir nosso papel devidamente definido, socialmente colocado. Podemos acatar o método da recusa e simplesmente “deixar pra lá”…

Ou não.

Tudo que aprendemos, tudo que absorvemos, todos os debates e todas as leituras a que temos acesso  de alguma forma podem significar mais do que um currículo e um diploma. É preciso entender que “nosso objeto de estudo” está por inteiro em nossas mãos.

Trans-formar! É a necessidade que se faz latente na medida em que acumulamos formação e atuamos dentro da sociedade em que vivemos. Na medida em que fazemos da nossa ciência nossa forma de subversão.

cientistasosicias

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Debatendo o tema do encontro…

  1. Começa com mudar o termo de objeto de estudo para agente de estudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s